Eu valorizava demais as opiniões dos outros


Eu curtia tanto a forma de uma pessoa ser e pensar, que eu absorvia tudo e ia moldando as minhas escolhas e comportamentos, mudando meus gostos e opiniões. Eu nem percebia que tava fazendo isso... era automático. Só que eu ia me distanciando das minhas próprias crenças, ia me perdendo de mim...


Em algumas situações era mais consciente. Estava num grupo ou relacionamento novo e queria muito que gostassem de mim. Então ficava mais observando pra saber o que dizer e como agir. Não era espontânea nem autêntica. Era uma personagem pra impressionar os outros ou só uma cópia para não me destacar muito...


Isso era exaustivo! E acabava atraindo para minha vida relacionamentos e amizades que me faziam mal. Atraia pessoas que não tinham nada a ver comigo, que não me conheciam de verdade e portanto, nem gostavam realmente de mim... Foi doloroso assumir para mim mesma que eu estava fazendo isso. Mas também foi libertador quando desisti dessa farsa.


É tão mais fácil ser eu mesma! Antes, parecia assustador, como se ninguém fosse gostar de quem eu realmente sou... Mas pra falar a verdade, nem eu sabia quem eu era de verdade. Eu ficava me confundindo com as personagens que eu representava e não me conhecia realmente.


Hoje o que posso dizer que tem sido muito bom me conhecer. Me sinto bem mais leve e tranquila! E as pessoas que permaneceram na minha vida são tão especiais! Tenho relações muito mais sinceras, abertas e prazerosas! Sei que posso contar com elas. Que posso mostrar meus defeitos, desabafar sobre meus problemas, chorar e rir junto sobre tudo isso.

Posts recentes

Ver tudo